EJERS promove aula de encerramento do ano letivo

Evento destaca a ascensão feminina e será transmitido pelo canal da Escola no YouTube

No dia 16 de dezembro, às 16h, a Escola Judiciária Eleitoral do Rio Grande do Sul (EJERS) promove a Aula de Encerramento do Ano Letivo 2020, com o tema "Teto de vidro e labirinto de cristal: a complexa ascensão feminina". A aula será ministrada pelas professoras doutoras Flávia Biroli (UnB), Márcia Barbosa (UFRGS) e Carolina Brito (UFRGS) e transmitida ao vivo pelo Canal EJERS no YouTube.

O objetivo do debate é abordar as barreiras sutis e quase imperceptíveis que influenciam as oportunidades de carreira para as mulheres, explicitando os conceitos de "teto de vidro" e "labirinto de cristal", desenvolvidos por pesquisadoras do tema.

Márcia Barbosa é membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Mundial de Ciências (TWAS). Em 2020, foi mencionada pela ONU Mulheres com uma das sete cientistas que moldam o mundo. Em março do mesmo ano, foi eleita pela revista Forbes uma das 20 mulheres mais influentes no Brasil. Márcia é doutora em Física e professora do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Por sua atuação na pós-graduação, ganhou o Prêmio Anisio Teixeira da Capes, em 2016, e, por seu trabalho em prol da ciência, recebeu da Presidência da República a Medalha do Mérito Científico como comendadora. Em paralelo, atua em questões de gênero, pelo que ganhou a Medalha Nicholson da American Physical Society em 2009. Idealizadora do programa Meninas na Ciência (UFRGS), Márcia é uma ativista pela presença de mais mulheres em posições de destaque, especialmente na área da ciência.

Flávia Biroli é doutora em História, professora associada do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília (UnB) e pesquisadora do CNPq. Foi presidenta da Associação Brasileira de Ciência Política (2018-2020), editora da Revista Brasileira de Ciência Política (2009-2017), editora associada da revista Politics & Gender (2019-20) e fez parte do Comitê Editorial da Revista Brasileira de Ciências Sociais (2018). É autora de livros sobre as questões de igualdade de gênero e a democracia, entre outros assuntos.

Carolina Brito é doutora em Física e professora do Instituto de Física da UFRGS. Já presidiu o Grupo de Trabalho sobre Questões de Gênero, ligado à Sociedade Brasileira de Física, e é coordenadora dos programas Meninas na Ciência e Lugar de Mulher, além de apresentadora e produtora do podcast de divulgação científica Fronteiras da Ciência. Foi nomeada como membro da Comissão de Física Estatística (C3) da International Union of Pure and Applied Physics (IUPAP) para o período entre 2018 e 2020. É Editora Chefe do Journal Paper in Physics.

Texto: Jônatas da Costa (EJERS)
Supervisão: Daniel Campos
Coordenação: Cleber Moreira

Últimas notícias postadas

Recentes