2ª Reunião Preparatória do XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário discute a implantação do PJECor

Sistema processual nacional para tramitação dos processos das corregedorias judiciais abrangerá todo o Poder Judiciário

TRE-RS: reunião CNJ

Nesta quarta-feira (28), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) promoveu a 2ª Reunião Preparatória do XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário, no auditório do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. O evento, destinado a representantes da Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário, teve como objetivo consolidar e apresentar as propostas de Metas Nacionais dos segmentos de Justiça para 2020, bem como divulgar os dados do relatório Justiça em Números 2019 (ano-base-2018) e debater seus resultados. Representaram o TRE-RS no encontro o secretário judiciário, Rogério Vargas, a assessora de Planejamento Estratégico e Desenvolvimento Institucional, Magda Andrade, e o chefe da Seção de Inspeção e Correição, Adenildo Machado.

Entre os assuntos tratados, destacam-se os painéis setoriais da Corregedoria Nacional de Justiça para a discussão de assuntos relativos ao desempenho da atividade correicional e o que deu sequência aos trabalhos iniciados na 1ª Reunião Preparatória, ocorrida no dia 29 de maio desse ano.

O principal tópico do encontro foi a implantação do PJECor, sistema processual nacional para a tramitação dos processos das corregedorias judiciais. O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, anunciou que o sistema já está funcionando em ambiente de teste na Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte. A partir de setembro, deverão ser integradas ao projeto-piloto as corregedorias dos Tribunais de Justiça de Pernambuco, da Bahia, do Pará e do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região.

Além de uma plataforma única de tramitação de processos, a Corregedoria Nacional de Justiça quer que os dados processuais que alimentarão o PJECor sirvam de indicadores sobre a atuação do Poder Judiciário e que a interpretação e a utilização desses elementos possam ajudar no planejamento de ações voltadas a uma prestação jurisdicional mais eficiente.

Texto: Rodolfo Manfredini
Imagem: TRE-RS
Supervisão: Jônatas da Costa
Coordenação: Cleber Moreira
ASCOM/TRE-RS

Últimas notícias postadas

Recentes