Memorial da Justiça Eleitoral lança ação dedicada à história dos servidores do TRE-RS

Série foi gravada ao longo de 2019 e será exibida a partir de quinta-feira (4/6)

Nesta quinta-feira (4/6), o Memorial da Justiça Eleitoral Gaúcha lançará uma ação de resgate e divulgação da memória do corpo funcional do TRE-RS.

Sob o título “Pilulas de História Oral: A Memória Viva”, o projeto traz vídeos curtos, com pouco mais de um minuto de duração, trazendo falas de servidores aposentados sobre temas como as rotinas de trabalho, os desafios profissionais enfrentados ao longo do tempo dedicado ao tribunal e impressões sobre o impacto da Justiça Eleitoral na vida pessoal e familiar.

As "Pílulas" serão lançadas semanalmente, sempre às quintas-feiras, e divulgadas na página do Memorial no site do TRE-RS e nos diversos grupos de trabalho ativos na plataforma WhatsApp.

A ação é voltada para o público interno, que vive um inédito afastamento do local de trabalho em função da pandemia causada pela Covid-19. Um dos objetivos do projeto é o fortalecimento dos laços históricos e afetivos do corpo de servidores com a Justiça Eleitoral gaúcha.
 
A série inicia com o depoimento da colega aposentada Lourdes de Almeida, que ingressou no Tribunal na década de 1950 e se aposentou em 1984. Na sequência irão ao ar falas da taquígrafa aposentada, Luiza Lydia Cavicchiolo e do ex-diretor-geral, Leonel Tozzi.

A campanha se estenderá até a última quinta-feira do mês de setembro deste ano. Os depoimentos foram colhidos ao longo do ano de 2019 pela equipe do Memorial e servirão de base, ainda, para um documentário resgatando a trajetória dos servidores e funcionários requisitados entre as décadas de 1950 e 2010.

Texto: Roberto Carlos Raymundo, com colaboração do Memorial do TRE-RS
Supervisão: Daniel Campos
Coordenação: Cleber Moreira

Últimas notícias postadas

Recentes