Juiz substituto é reconduzido ao cargo no TRE-RS

Miguel Ramos tomou posse durante sessão solene ocorrida na sede do Tribunal

TRE-RS POSSE MIGUEL RAMOS

Na sessão plenária desta quinta-feira (23), Miguel Antônio Silveira Ramos tomou posse como juiz eleitoral substituto do TRE-RS, na classe dos juristas. O desembargador eleitoral foi reconduzido ao cargo, no qual já havia atuado entre 2017 e 2019, por decreto presidencial publicado em dezembro de 2019. O jurista permanecerá no cargo até o encerramento do seu biênio, em 2022.

A presidente do TRE-RS, desembargadora Marilene Bonzanini, presidiu a sessão, que aconteceu na Sala de Sessões Des. Sisínio Bastos de Figueiredo, o Plenarinho. Ao saudar o empossando, Bonzanini ressaltou “a grande admiração pelo trabalho que o doutor realiza tanto no campo da advocacia, como no trabalho nesta corte, nos auxiliando no exercício passado.”

O secretário de sessão, Carlos Vinicios de Oliveira Cavalcante, realizou a leitura do Termo de Posse, assinado pelo desembargador eleitoral Miguel Ramos e pela desembargadora Marilene Bonzanini.

Em sua saudação, o desembargador eleitoral Gerson Fischmann demonstrou a alegria em retomar o convívio com Ramos e frisou que o Tribunal se engrandece com a presença do representante da classe dos advogados, “de uma trajetória com votos brilhantes, com discussões de altíssimo nível, com uma contribuição incomensurável a nossa qualificação desse trabalho.”.

Em seu discurso, Miguel agradeceu a recepção e relembrou seu período anterior de atuação no TRE-RS, no qual pode aprofundar o estudo sobre o processo eleitoral. O desembargador eleitoral também salientou a importância de pensar e discutir a respeito do uso da tecnologia aliada ao marketing no âmbito eleitoral, uma vez que considera “a desinformação e as fake news fatores comprometedores para o processo eleitoral e o Estado Democrático de Direito”.

Miguel Ramos é graduado em Direito pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande, com mestrado em Direito e Justiça Social pela Universidade Federal do Rio Grande e doutorado em Direito Civil pela Universidad de Buenos Aires. Atuou como juiz eleitoral substituto no TRE-RS entre 2017 e 2019. Também se destaca na área docente como professor de Direito Civil e Processo Eletrônico na Universidade Federal do Rio Grande. É diretor do Conselho Editorial da Revista Âmbito Jurídico e editor da Revista do TRE-RS.

Texto: Mariana Alves
Imagem: Diandra Tavares
Supervisão: Daniel Campos
Coordenação: Cleber Moreira
ASCOM/TRE-RS

Últimas notícias postadas

Recentes