Memorial da Justiça Eleitoral Gaúcha

Logo do Memorial da Justiça Eleitoral Gaúcha

Em dezembro de 2004 o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul deu início a um processo de organização e preservação da memória eleitoral. Naquele ano foi criada a Comissão Gestora do Centro de Memória da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul, composta por servidores de diversas unidades da Instituição, com a atribuição de pesquisar e registrar a evolução do processo eleitoral gaúcho e brasileiro.

Em poucos anos de atividades o então Centro de Memória do TRE-RS produziu exposições, publicações e ações educativas.

Passados nove anos, em 5 de dezembro de 2013, a Resolução n. 243 criou o Memorial da Justiça Eleitoral Gaúcha. A partir daí o trabalho de organização e preservação da memória eleitoral deixa de ser atribuição de uma Comissão e passa a ter um caráter Institucional. Suas atribuições e regulamentação estão dispostas na Instrução Normativa TRE-RS P n. 34/2014, destacando-se os trabalhos de constituição do acervo documental e bibliográfico, a recuperação e divulgação da memória sócio-histórica da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul e do Brasil, a organização e promoção de eventos de ordem cultural, pedagógica e educacional: seminários, conferências e exposições, entre outras atividades.

Nesta página procurou-se disponibilizar informações, documentos, registros de eventos e publicações. É apenas uma parte de um longo processo que, aliás, todos os servidores, magistrados e cidadãos estão convidados a participar. Qualquer sugestão ou documento que possa nos ajudar a contar a história do TRE-RS e da Justiça Eleitoral pode ser encaminhado ao Memorial pelo contato: .

Publicações

    Obra que registra os 20 primeiros anos de utilização da urna eletrônica no Brasil, resgatando a história do desenvolvimento do sistema eletrônico de votação pela Justiça Eleitoral. Acesse também a 1ª Edição publicada em 2006.

    Compilação de matérias veiculadas nos jornais Correio do Povo e Folha da Tarde, no período de 1932 a 1937 - primeira fase da Justiça Eleitoral brasileira. O material também traz um panorama das primeiras eleições ocorridas após a criação da Justiça Eleitoral, em 1933 (para a Assembleia Constituinte), 1934 (para o Parlamento Federal e dos estados) e 1935 (no Rio Grande do Sul, eleições municipais).

    Resumo da primeira (1932-1937) e segunda fases (1945 -) da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Sul, abordando aspectos como a informatização do cadastro eleitoral, o surgimento da urna eletrônica, até a identificação biométrica de eleitores.

    Tabela contendo dados sobre a criação e/ou alteração do zoneamento eleitoral no Estado do RS, de 1945 a 1997.

    Histórico das instalações do TRE Gaúcho.

    A trajetória do magistrado que, em 1936, defendeu com sua própria vida a lisura do pleito eleitoral realizado no distrito de Vila Flores, município de Santiago/RS.

    Conheça a trajetória de pessoas que influenciaram a história das eleições e da Justiça Eleitoral no Brasil.

    Série de breves estudos sobre o primeiro Código Eleitoral brasileiro. O material foi produzido em parceria com a Assessoria de Comunicação Social e publicado no Informativo 7 Dias ao longo dos meses de janeiro e fevereiro de 2017.

    Participação do Memorial da Justiça Eleitoral Gaúcha em programas da Radioweb TRE Gaúcho.


    Acervo

    Coleção de títulos eleitorais de variados períodos de nossa História.

    Coleção de modelos utilizados desde o período da primeira República até a urna eletrônica com reconhecimento biométrico.

    Coleção de leis, atos e outras publicações que regulamentavam o processo eleitoral brasileiro anterior à criação da Justiça Eleitoral (1932).

    Lançado em abril de 2018, em trabalho realizado por servidores do TRE-RS.

    Arquivos digitalizados com os resultados das eleições gerais e municipais ocorridas no Rio Grande do Sul até os anos de 1990.



     


    Programa que busca registrar, em vídeo, depoimentos de personalidades que tiveram participação destacada ou contribuíram significativamente para o desenvolvimento da Justiça Eleitoral.

    Programação criada pelo Memorial da JE Gaúcha que procurava criara elos entre o processo eleitoral brasileiro, a música e a literatura.

    Programa que tem por objetivo levar aos estudantes dos níveis fundamental e médio, de Porto Alegre e Região Metropolitana, informações sobre a história das eleições e do processo eleitoral brasileiro.